Texto alternativo


TERRA, UM SER VIVO

Foi na década de 1960 que o cientista James Lovelock fez sua descoberta iluminadora:

O planeta Terra como o mais surpreendente sistema auto-organizador, ou seja, um sistema vivo.

Em 1972 ele batizou sua descoberta de A Teoria Gaia.

Quando encontrei a teoria Gaia pela primeira vez, há alguns anos, foi no livro A Teia da Vida, do físico Fritjof Capra.

A sensação que tive foi como se acendesse uma luzinha na minha mente:
Existe a ciência afirmando o que eu sinto!


Você também já sentiu?
Já sentiu algo tão 'fora do comum' que nem soube colocar em palavras, mas que, lá no fundo, você sabia que era verdade?
E quantas vezes você já sentiu isso em relação à Natureza?


Quando entramos em contato com a Terra, nos sintonizamos com a própria vida.


Imagina uma célula do seu corpo. Ela é parte de um corpo maior. O seu corpo. Certo?

Esse corpo maior alimenta essa célula, cuida dela e fornece para ela tudo o que ela necessita para permanecer viva, com saúde, funcionando em harmonia com todas as outras células.

Faz sentido. Não faz?


Agora imagina seu corpo como uma célula que é parte de um corpo maior...

Esse corpo maior, Gaia, a Terra, alimenta você, cuida de você e fornece para você tudo o que você necessita para permanecer viva, com saúde, com alegria e desfrutando a vida.

A partir desse pondo de vista, não parece lógico que nosso corpo-mente vai viver muito melhor se se abrir para receber esses cuidados?


Só que o que a humanidade faz, não-desperta para a verdade de quem realmente é, é pior do que negar esses cuidados.

Como alguém, em sã consciência, envenenaria o solo que lhe dá alimento?
Como alguém, em sã consciência, jogaria suas fezes na água que vai beber?
Como alguém, em sã consciência, iria poluir o ar que seus bebês vão respirar?


Você também percebe como há urgência em nosso despertar?



Como vai ser se a humanidade escolher parar de ter esse comportamento predatório...

...e passar a viver de acordo com a Natureza que realmente somos?


Como vai ser quando o comum for romper com a normose, esse 'normal' que é altamente destrutivo (e que ainda não tem nada de 'novo normal')

... e começar a escolher viver com honra pela vida?

A vida que nos foi dada por este planeta?


Temos um futuro incrível pela frente.

É possível! Só que cada um precisa fazer sua parte.




Antonio Donato Nobre, cientista, pesquisador da Amazônia, deixa seu rico ponto de vista para a gente apreciar.

Coloquei aqui em duas versões, uma curtinha logo aqui abaixo, e outra mais completa logo depois:

(encontrei originalmente no canal do Nuno Cobra Jr)

Aqui, abaixo, uma versão mais longa e com mais detalhes:



E para quem gosta de um lado mais místico, este vídeo aqui embaixo foi gravado pelo Lucas Costa Pirani, do canal Rubi Cósmico.


Ele amarra muito bem as coisas, por isso coloco aqui pra você :)


Ao final do vídeo, Lucas coloca seu ponto de vista sobre o covid19 e o planeta.

Não sabemos se isso está certo ou errado.

Acredito que errado, mesmo, é não pararmos para pensar nisso.

Refletir, com amor, é sempre certo.

Divirta-se:


A análise química de Lovelock detectava na Terra a própria "marca registrada" da vida.

Essa descoberta foi tão significativa para ele, que ainda se lembra do exato momento em que ela aconteceu:


Para mim, a revelação pessoal de Gaia veio subitamente - como um flash de iluminação.

Eu estava numa pequena sala do pavimento superior do edifício do Jet Propulsion Laboratory, em Pasadena, na Califórnia. Era outono de 1965 ... e eu estava conversando com um colega, Dian Hitchcock, sobre um artigo que estávamos preparando ...

Foi nesse momento que, num lampejo, vislumbrei Gaia.

Um pensamento assustador veio a mim.

A atmosfera da Terra era uma mistura extraordinária e instável de gases, e, não obstante, eu sabia que sua composição se mantinha constante ao longo de períodos de tempo muito longos.

Será que a vida na Terra não somente criou a atmosfera, mas também a regula - mantendo-a com uma composição constante, e num nível favorável aos organismos?

(...)

Considere a teoria de Gaia como uma alternativa à sabedoria convencional que vê a Terra como um planeta morto, feito de rochas, oceano e atmosfera inanimadas, e meramente habitado pela vida.

Considere-a como um verdadeiro sistema, abrangendo toda a vida e todo o seu meio ambiente, estreitamente acoplados de modo a formar uma entidade auto-reguladora.

do livro: A Teia da Vida, por Fritjof Capra



E então, o que mais podemos fazer?

Sabemos sobre comer mais orgânicos e usar menos plástico.

Mas isso é suficiente para mudar nosso quadro?


Eu acredito que este é o momento de dar o passo para além do materialismo para entender como ser uma melhor contribuição para o corpo Gaia de que fazemos parte.

O que eu sei é que nós sentimos alegria, leveza e um senso de propósito quando começamos a agir assim.


(parafraseando Gandhi)
Você está disposta a SER A MUDANÇA QUE VOCÊ QUER VER NO MUNDO?

Bora plantar Luz?

I'm an image



Leticia 
'filha de Gaia'  Momesso

© 2010 - 2021 (há 11 anos conectando pessoas e a natureza)

Texto alternativo

 

 

 contato (DIGA OI :)
[nota: nós usamos cookies. saiba mais aqui]
Peperômia Urbana e FadaQuântica são criadas com coração pela Leticia Momesso

 

 

FacebookInstagram
FacebookInstagramYouTube